Saturday, May 29, 2004

QUESTÃO DE RESPEITO OU DE INTELIGÊNCIA?

Ricardo recusou envolver-se na polémica, mesmo quando questionado sobre se Vítor Baía deveria, ou não, estar entre os 23 eleitos: "Perguntar isso, é uma falta de respeito para quem cá está". "Se o treinador entendeu que os guarda-redes que estão aqui são os melhores, também entendo que sim", acrescentou.



Pode existir uma outra interpretação acerca do respeito que um jogador merece - por exemplo, forçar toda a lógica e colocar na baliza da selecção um guarda-redes que está na sua pior forma de sempre...

... e pôr de lado, nem sequer o escolher entre os 3 melhores na sua posição, um outro guarda-redes que está num pico de forma e de auto-confiança...

... e que nos últimos dois anos ganhou 2 campeonatos nacionais e duas Taças Europeias...

e esteve, a todos os níveis, muito melhor do que o foi escolhido para a selecção, sobretudo na raça que exala e na segurança que inspira...

...pode ser um acto de genuína estupidez do seleccionador e que pode colocar o guarda-redes escolhido numa pressão insuportável - se Ricardo falhar no Euro 2004, pode ser o princípio do fim da sua carreira.

Oxalá que não...


Carlos Alves